swMenuFree


Pesquisadores da UFRPE denunciam uso de agrotóxico no campus Recife

Produto proibido pela Anvisa foi usado em horta do Depto. de Agronomia. Processo foi iniciado para que agrotóxicos sejam proibidos no campus.

Do G1-PE

Pesquisadores da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) denunciaram o uso de um agrotóxico proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em uma horta do Departamento de Agronomia, no Campus Recife, bairro de Dois Irmãos, Zona Norte da capital. O problema foi mostrado pelo NETV 2ª Edição desta sexta-feira (18).

 

O Núcleo de Agroecologia e Campesinato da universidade registrou o uso do glifosato a poucos metros de córregos que desaguam no Rio Capibaribe. De acordo com o coordenador do Núcleo, Francisco Roberto Caporal, a Anvisa proíbe o uso deste herbicida em áreas urbanas.

 

Após verificarem que o produto estava sendo utilizado na horta, foi iniciado um processo pedindo a proibição do uso de agrotóxicos no Campus Recife. “Nós achamos que a universidade precisa dar o exemplo para a comunidade, protegendo o meio ambiente”, pontua Caporal.

 

A denúncia feita junto à reitoria da UFRPE não foi a única medida tomada pelo Núcleo. Um seminário realizado na universidade reuniu professores, alunos, pesquisadores, gestores públicos, agricultores e indígenas. Na pauta, a discussão sobre o uso de agrotóxicos, seja dentro ou fora do campus. Além disso, também debateu-se os efeitos para a saúde de todos os envolvidos na utilização desses produtos: quem aplica os venenos, quem está exposto aos riscos em áreas próximas e quem consome alimentos.

 

“É importante ressaltar que qualquer agrotóxico pode causar danos à saúde, independente da classificação toxicológica. Todos são tóxicos”, explica a gerente de Saúde do Trabalho da Secretaria Estadual de Saúde, Aline Rangel. “Existem efeitos que aparecem mais imediatamente após uma exposição, que são os efeitos agudos, como dor de cabeça e vômito, a efeitos que aparecem mais tardiamente, como o câncer”, completa.

Porque uma Campanha Contra os Agrotóxicos?

Nos últimos três anos o Brasil, vem ocupando o lugar de maior consumidor de agrotóxicos no mundo. Os impactos à saúde pública são amplos porque atingem vastos territórios e envolvem diferentes grupos populacionais, como trabalhadores rurais, moradores do entorno de fazendas, além de todos nós que consumimos alimentos contaminados.

Diante desta situação, mais de 50 entidades nacionais se juntaram desde 2011 na Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, que tem o objetivo de sensibilizar a população brasileira para os riscos que os agrotóxicos representam, e a partir daí tomar medidas para frear seu uso no Brasil.

Junte-se a nós! Assine nossa petição e entre em contato com o comitê mais próximo!

Assine nossa Petição!

A Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos lançou um abaixo assinado para banir do nosso país os agrotóxicos já banidos em outros países. É inaceitável que o nosso país continue sendo a grande lixeira tóxica do planeta. Por isso colabore:

- Assine a petição virtual
- Baixe e imprima o abaixo-assinado e papel e comece a colher assinaturas.

Veja aqui a lista das substâncias que queremos banir, e as instruções para coleta de assinaturas. Participe!

Dossiê ABRASCO

Alguém ainda acha que agrotóxico não faz mal? Veja nos dossiês da ABRASCO (parte 1parte 2, parte 3) a devastação que os agrotóxicos e o agronegócio vem causando à população brasileira.

O Veneno está na Mesa

O veneno está na mesa 2

Baixe a imagem para gravar um DVD em alta qualidade do filme

Baixe a arte da capa e bolacha para impressão

A Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos alerta: O veneno está na mesa. Assista ao filme do premiado diretor Sílvio Tendler, que mostra os perigos dos agrotóxicos e aponta que a agroecologia já acontece e representa uma solução real para a agrícultura sustentável.

Notícias sobre a Campanha

15/07/2014, 18:08
juventude-do-campo-escracha-mercado-de-agrotoxicos-em-rondoniaPor Maura SilvaDa Página do MST Cerca de 100 jovens da Via Campesina presentes no Acampamento Estadual da Juventude, em Rondônia, realizaram um ato pela Reforma Política e escracharam a Casa da Lavoura, mercado que vende agrotóxicos, na manhã desta quarta-feira (10). Músicas, faixas e panfletos foram algumas das ferramentas utilizadas pela juventude, que se dividiram em três frentes e ocuparam todos os espaços da cidade para denunciar os limites do atual sistema político, a precariedade da educação no campo e apontar...
03/07/2014, 02:17
O Movimento dos Pequenos Agricultores divulga uma cartilha elaborada pelo militante Cléber Folgado que pretende ser um instrumento de formação sobre agrotóxicos em várias dimensões. A cartilha aborda desde o histórico de uso de agrotóxicos no Brasil, o modelo do agronegócio e a questão dos agrotóxicos como calcanhar de aquiles deste modelo.  Assim, a Cartilha aprofunda faces dos problemas causados pelos agrotóxicos na saúde, meio-ambiente, na economia, além dos graves problemas sociais que englobam todos os outros. Também é discutido o...
26/06/2014, 09:49
goias-realiza-seminario-nacional-sobre-agrotoxicos-e-direitos-humanosEntre os dias 25 a 28 de junho acontece na cidade de Goiás o I SEMINÁRIO NACIONAL: AGROTÓXICOS, IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS E DIREITOS HUMANOS e o III Seminário Goiano da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida. O evento ocorre na Universidade Estadual de Goiás/Campus de Goiás. Confira a programação: 26/06/2014 (Quinta-Feira)9:00 às 17:00 horas: Espaços de Diálogo (ED)ED 1: Agronegócio e Agrotóxicos: entre o Marco Legal e os Direitos HumanosED 2: Agrotóxicos e Impactos SocioambientaisED 3: Soberania Alimentar, Saúde e AgrotóxicosED...

Notícias sobre Agrotóxicos

11/07/2014, 10:49
seminario-denuncia-usa-de-agrotoxicos-na-universidade-federal-rural-de-pernambuco O Núcleo de Agroecologia e Campesinato – NAC registrou e fotografou o uso do herbicida glifosato dentro do Campus da UFRPE. Este veneno, proibido pela ANVISA para uso em zona urbana, está sendo usado em áreas próximas ao Departamento de Engenharia Florestal, do Laboratório de Solos, do Departamento de Tecnologia Agrícola, CEAGRI I e II, do restaurante da Associação dos Professores (Mesa Farta) e da Casa dos Estudantes. Além deste veneno são usados outros pesticidas aqui na Universidade. No dia 18...
03/07/2014, 03:24
Página 12 La Comisión de Agricultura de la Cámara baja le dio ayer dictamen de mayoría al proyecto de fitosanitarios, que prohíbe la fumigaciones aéreas en todo el territorio provincial. El autor de la inciativa es el diputado José María Tessa (Nuevo Encuentro) y contó con las firmas de Eduardo Toniolli, Jorge Abello, Darío Vega y Oscar Danielle. Las principales modificaciones que se plantean a la ley son "la prohibición de las fumigaciones aéreas en toda la provincia; restringir las fumigaciones...
02/07/2014, 08:56
estudo-sobre-agrotoxicos-no-brasil-mostra-a-gravidade-da-situacaoNota da Campanha: Mesmo entendendo a importância deste estudo, a Campanha compreende que não pode haver uso sustentável de agrotóxicos e não existe nível de segurança aceitável para utilização deste tipo de substância, como coloca o relatório. Os avanços citados pela matéria são duvidosos, como por exemplo o Sistema de Informações sobre Agrotóxicos, que não existe. Finalmente, o conceito de avaliação de risco, enaltecido no estudo, aceita que um percentual da população seja intoxicada; nós não. --  O panorama da contaminação ambiental...

Vídeos

  • Via Campesina ocupa espaço da CNA na Rio+20

     
  • Via Campesina realiza ação contra CNA e denuncia agrotóxicos

     
  • 3 mitos que você sempre ouviu sobre a agroecologia - mas ninguém teve coragem de negar.

     
  • Vídeo: "Partir", de Pâmela Peregrino

     


    Atualmente o povo do campo vive dilemas muito diferentes dos que inspiraram Beethoven. Partir é uma animação de pintura a óleo sobre vidro sobre a expulsão que muitos camponeses têm vivido, produzida para o concurso de curta-metragens "Music on the road" da Deutsches Symphonie-Orchester (DSO).

    Animação e roteiro: Pâmela Peregrino
    Direção: Pâmela Peregrino e Antonio Terra
    Música: Ludwig van Beethoven, Sinfonia nº 6, Pastoral, em fá maior, op. 68 (Disponibilizada pela DSO para o concurso).



     
  • Mitos del Agronegocio Alimentario y Agrotoxicos





    Vídeo-entrevista a Esther Vivas, activista antiglobalización Los mitos del sistema agroalimentario ATTAC TV ¿Cuáles son las causas del hambre? ¿Por qué las políticas agrícolas y alimentarias están al servicio del 1%? Esther Vivas desmonta uno a uno los mitos sobre los cuales está construído el actual sistema agroalimentario en esta entrevista con ATTAC TV.  
Joomla templates by a4joomla